segunda-feira, 16 de março de 2009

Danou-se


E a coisa se agrava. Vai ficando mais séria. Mais gostosa. Mais aterrorizante. Medo de me ferrar. Medo de ferrar. Medo. Meu Deus. Dê-me juízo. Justamente agora que eu chegara a um estrada reta. De onde surgiu a curva? Onde eu estava com a cabeça que não a vi se aproximando? Não dá pra correr. Muito tarde pra fugir. Dois passos para trás e caio no buraco de que me desviei. E agora? O buraco ou a curva?

2 comentários:

Heitor disse...

A curva!! talvez te dê mais oportunidades...

Ana Carolina disse...

ai, amigo, a curva, por favor né. andar para trás nem pensar. boa sorte.