sexta-feira, 13 de março de 2009

Mergulho

Como posso desejar a invisibilidade quando quero sentir o calor do seu olhar?
Como ser invisível sem deixar tudo para trás quando minha alma quer saber o que vem pela frente?
Queria dizer que paralisei, mas continuo indo... mergulhando... nadando... tentando tomar fôlego... inundado neste lago de gerúndios, pingando as gotas deste processo.
Que processo lindo que acelera-me os pensamentos, o metabolismo...
Quero TCK TCK TCK



Um comentário:

Ana Carolina disse...

affff... faz tanto tempo que não sinto isso, amigo. aproveite