sábado, 26 de março de 2011

Em Teu Aniversário

Nascestes em 26 de março, poeta. Íntimo da noite, contemplastes o relógio prateado e perdestes a hora de voltar, mesmo depois de tantos retornos sob a chuva congelante.

Não sou digno de prestar-te homenagens, mas não posso deixar de pensar em ti, nesta noite do teu aniversário, quando boa parte do planeta apaga as luzes e, a lua, a uma sublime distância, inunda o céu enquanto chora pelo vazio que deixastes no mundo em 1963.

Teus versos, contudo, ainda nos enchem de emoção. Descansa, poeta. Parabéns, poeta. Obrigado, Robert.

2 comentários:

Ana Carolina Dias disse...

Nossa, fazia tempo que eu não lia seu blog, antonio. eu conheço o poema a que vc se refere. é lindo. Acquainted with the night. Eu amo o robert frost. adorei. beijocas

Dante Sempiterno - ( dantesempiterno@hotmail.com ) disse...

Por excelência escritor, excelente por pensar... Poeta, prosista por excelência, excelente encontrar, ler, excelente pertencer, verificar, que existe excelência na transcendência do falar... Como é bom ler assim, as coisas que nos sobressaltam por perceber que Há. Vim, li, gostei, virei, lerei, e sei que sempre gostarei... como sempre gosto dos rios enganosamente silenciosos... Maravilhosa tua escrita!