sábado, 11 de abril de 2009

Rima medíocre para um frango infeliz




Detesto ter de dizer isso
Mas o frango salgou
A cada mordida que dou
A boca trava
Tava louco pra comer frango
Mas esse tá difícil de engolir
Não se aborreça
Não faltará oportunidade pra você acertar
Só não vai ser com esse finado
Coitado
Morreu em vão
Seu destino não será o intestino
Mas os cafundós do lixão
Ou quem sabe saciará a fome do cão
O cão aí do lado
Ou talvez o próprio diabo
Só sei que por maior que seja o embaraço
Dessa ave não como nem mais um pedaço

Um comentário:

Ana Carolina disse...

ainda bem que não foi eu que preparei o frango ha ha ha